Botafogo e clube Chinês encontram dificuldades durante a negociação do contrato de Elkeson

A venda de Elkeson parece estar apresentando alguns obstáculos, mas ainda assim o Guanghzou Evergrande, da China, continuará com a negociação. A dificuldade de entendimento entre as partes pela forma de pagamento dos R$ 16,5 milhões pelos direitos econômicos do jogador tem sido o maior obstáculo.

Porém, o Botafogo ainda fez algumas exigências sobre a forma de pagamento e espera uma resposta. Os dirigentes chineses, por outro lado, estão preocupados com a reação dos jogadores que saem do Brasil para jogar no país depois da atitude tomada por Conca, que passa férias no Brasil e tenta chegar a um acordo com Guanghzou Evergrande para ser liberado antes do fim do contrato.

Um dos empresários envolvidos na negociação, Rodrigo Fonseca ainda aposta em um acerto. O Botafogo tem direito a cerca de 35% do valor total.

– Enquanto não estiver assinado e todas as parte tiverem dado o O.K., não podemos dar o negócio como certo. Todos sabem que existe o interesse, é uma proposta maravilhosa para o jogador. Não é só o lado financeiro. Claro que isso pesa, mas também há o lado esportivo, pois ele pode trabalhar com o Marcello Lippi, um grande treinador – disse Rodrigo, em entrevista à Rádio Brasil.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em botafogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s