Substituição de Loco Abreu por Herrera é explicada por Oswaldo

Mesmo com o Botafogo em desvantagem  na partida contra o Fluminense, no último domingo, pela primeira partida da final do estadual, Oswaldo de Oliveira não realizou uma substituição claramente ofensiva sequer. Entendeu que era melhor tirar Loco Abreu, isolado em campo, e a esperada entrada de Herrera, último suspiro de esperança dos torcedores, acabou se tornando um momento de crítica. O treinador justificou a ação.

– Simples e claro: qualquer pessoa sabe que o Abreu é um jogador de área, tem pouca mobilidade, íamos chegar menos à área deles, mesmo perdendo, porque tínhamos um a menos. Não havíamos conseguido o resultado com 11 jogadores e, quando precisamos nos multiplicar, fazer a função que faltava, eu teria de ter alguém pronto para isso. Herrera possui essa versatilidade. O pensamento não poderia ser outro ali.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em botafogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s