Jefferson: “Fico feliz pelo meu momento e do Botafogo”

Em 2012, Jefferson já esteve à frente de um cobrador de pênaltis 12 vezes. Seis delas não entraram, sendo quatro defendidas por ele, a última na vitória por 3 a 1 sobre o Friburguense, de Rômulo, quando o jogo ainda estava 0 a 0, domingo, no Engenhão.

Mas outros episódios foram marcantes para Jefferson, apesar do aproveitamento nesta temporada. Em 2010, ele defendeu uma cobrança de Adriano, que deu ao Botafogo o título carioca daquele ano, encerrando uma série de três derrotas seguidas em finais para o Flamengo na competição.

– Esse pênalti vai ficar marcado pelo resto da minha vida – afirmou Jefferson, também protagonista de uma defesa marcante, na disputa de pênaltis com o Treze-PB, este ano, quando garantiu a classificação do time na Copa do Brasil ao impedir o gol de cavadinha de Léo Rocha, mandado embora pelo clube paraibano depois do episódio no Engenhão.

– Não sei muito sobre estatísticas. Procuro fazer o meu trabalho. Não fico pensando muito no que passou. Fico feliz pelo meu momento e do Botafogo, só isso – disse Jefferson
Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em botafogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s