Herrera fala sobre seus dois chutes a gol: “A bola bateu duas vezes, sorte deles.”

No segundo tempo do jogo com o Fluminense, no Engenhão, o Herrera criou duas grandes chances para marcar o gol da vitória alvinegra, mas esbarrou na trave direita de Diego Cavalieri e o clássico terminou empatado em 1 a 1.

Aos 17 e aos 45 minutos da etapa final, o atacante primeiro chutou e depois cabeceou para o gol, mas a trave estava lá para impedir a comemoração do Botafogo. Depois da partida, na saída de campo, ele até sorriu ao lembrar as chances desperdiçadas.

– Cavalieri tem que dar beijinho na trave (risos). A bola bateu duas vezes, sorte deles. Não conseguimos os três pontos, mas o mais importante é que tivemos chances e criamos – disse Herrera à reportagem do PFC, falando também sobre o próprio rendimento:

– Me sinto bem, sempre me senti bem. Sou um cara que pensa muito mais no grupo do que no pessoal. Trabalho em função da equipe.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em botafogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s