Para Oswaldo as piores atuações do Botafogo foram por causa do campo em que jogaram

Com o passar do tempo, o panorama dos treinos comandados por Oswaldo foi melhorando e, hoje, na reta final da primeira fase da Taça Guanabara, o Botafogo lidera a estatística de ataque mais positivo, com 14 em seis partidas – mesmo que tenha ficado dois destes confrontos sem balançar a rede. A virada, segundo o atacante Loco Abreu, se deve à sintonia da equipe e às condições dos campos.

– Sabíamos que não era um problema interno, mesmo quando começou a se falar em turbulência. Lamentavelmente alguns campos não deixam nenhum dos times jogar como querem. Quando os campos foram ruins, tivemos atuações ruins. Já em todos os jogos no Engenhão fomos bem. Procuramos melhorar e correr atrás da perfeição. É difícil, mas, quanto mais se trabalhar, podemos chegar perto dela. Não pode se conformar. Tem de haver autocrítica dos jogadores e cobrança do técnico sempre – ensinou o uruguaio, também discorrendo sobre a ponderação de Oswaldo sobre os gols perdidos.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em botafogo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s